Cientistas desenvolvem materiais que não sofrem dilatação térmica e podem inovar a construção civil

Graças aos cientistas da Universidade de Oxford, os problemas decorrentes do calor estão próximos de se tornarem preocupações do passado

De um buraco que aparece no meio da rodovia a uma fissura em um ponto importante de uma ponte, a expansão térmica dos materiais usados na construção civil é uma das principais preocupações dos engenheiros. Agora, graças aos cientistas da Universidade de Oxford, os problemas decorrentes do calor estão próximos de se tornarem preocupações do passado.

Eles descobriram que nem todos os materiais se expandem quando recebem calor. Alguns, chamados de NTE – “negative thermal expansion”, ou expansão térmica negativa, em tradução livre, fazem uma contração em contato com o calor. No entanto, até então, ninguém conseguia controlar esse processo e o material poderia encolher demais ou não encolher o suficiente. Sem esse controle, não era possível avaliar os riscos desse tipo de material.

Agora, um grupo de pesquisadores liderados por Mark Senn, do departamento de química da Universidade de Oxford, conseguiu desenvolver uma maneira de manipular esses materiais com sucesso. A pesquisa, em parceira com diferentes universidades do mundo – Oxford, Imperial, Diamond Light Source e  instituições da Coreia e dos Estados Unidos – mostrou que a manipulação acontece quando os cientistas mudam a concentração de dois elementos chaves: cálcio e estrôncio.

“Essa é uma descoberta muito empolgante porque, agora, nós temos uma ‘receita química’ de como controlar a expansão e contração dos materiais, quando eles são aquecidos. E poderemos, no futuro, aplicar essa fórmula em muitos outros meios”, explica Senn, em uma publicação da Universidade de Oxford.

Fonte: https://www.aecweb.com.br/revista/noticias/cientistas-desenvolvem-material-que-pode-inovar-a-construcao-civil/13678

Faça Um Orçamento Sem Compromisso!

Oferecemos aos nossos clientes um serviço com perfeito acabamento e total garantia em qualquer lugar do país. Estamos à vossa inteira disposição e prontos para servi-los.
Rolar para cima
× Como posso te ajudar?