Calhas e rufos: Confira os diferentes materiais antes de optar pelo melhor modelo

As calhas e rufos são elementos essenciais em qualquer projeto de construção.

 Você sabe qual é a diferença entre eles e como escolher o melhor modelo?

Neste artigo, vamos explicar sobre cada um e qual é o mais indicado durante um processo de construção. Mas uma coisa deve ser ressaltada: antes de adquirir qualquer um desses materiais, é preciso analisar bem o local de instalação e suas especificidades, pois o mercado é variado e nem sempre um modelo será adequado para as mesmas situações.

O que são as calhas?

As calhas são os canais responsáveis pela coleta das águas pluviais (provindas das chuvas) e que correm pelos telhados e terraços de casas ou construções. Normalmente, as calhas são produzidas em aço galvanizado, ou seja, revestidos com uma camada de zinco para evitar a corrosão.

As características variam de acordo com o comprimento, tipo de telha, queda d’água e outros aspectos do local de instalação. Elas servem principalmente para proteção e evitar danos: os canais devem conduzir a água de maneira controlada para que não cause alagamentos, apodrecimentos ou umidade excessiva no ambiente.

Existem diferentes tipos de calhas e cada uma é responsável por uma função. A principal calha que há no mercado é a de PVC. Ela pode ser facilmente encontrada em lojas de materiais de construção e é muito prática na hora de limpar – no entanto, este modelo não é a melhor opção para construções onde será necessário coletar um alto nível de água. Já as calhas de alumínio são as mais adequadas para essa situação, pois são resistentes e sólidas. Possuem uma aparência diferente das calhas tradicionais e contam com acabamento melhor – além disso, elas também não enferrujam e podem receber aplicação de tinta.

Além destes modelos, existem também no mercado de construção as calhas de piso, que são utilizadas para o escoamento de águas de quintais, piscinas e áreas molhadas em geral.

O que são os rufos?​

Os rufos são peças moldadas e fixadas em determinados pontos de uma residência e servem para impedir que a água infiltre nas paredes e muros. Caso isso aconteça, com o tempo manchas escuras começam a aparecer na construção e que acabam causando mau cheiro, mofo e até o apodrecimento de paredes de alvenaria.

Os rufos são geralmente feitos com chapa metálica e fixados com rebites ou pregos, além de uma camada de argamassa na borda para garantir a vedação.

Assim como as calhas, os rufos também podem ser encontrados em alguns modelos. Os mais comuns são o pingadeira (que serve para desviar a água da chuva e impede que ela escorra ao longo da parede), o capa (as pingadeiras são dos dois lados), e o externo e interno (colocados entre os pontos de encontro de telhados e paredes).

Como inspecionar calhas e rufos?

O melhor momento para avaliar se as calhas ou rufos de uma construção estão funcionando adequadamente é durante uma chuva de grande intensidade. Se o fluxo de água não estiver correndo adequadamente, a calha pode estar obstruída por folhas de árvores ou sujeira, ou ainda pode estar com algum problema estrutural que necessite de correção ou até substituição por uma calha nova.

No caso dos rufos, verifique se as paredes possuem manchas ou descascados e se o escoamento da água do telhado está normal, pois também pode haver obstrução, rachaduras ou mau posicionamento do material.

Faça Um Orçamento Sem Compromisso!

Oferecemos aos nossos clientes um serviço com perfeito acabamento e total garantia em qualquer lugar do país. Estamos à vossa inteira disposição e prontos para servi-los.
Manutenções Elétricas Residenciais e Industriais
Sem categoria
Estimate Engenharia

Revisão de instalações elétricas reduz consumo de energia

Além da economia na conta de luz, o serviço proporciona maior segurança ao usuário e ao patrimônio Não há dúvidas de que o avanço da tecnologia e o maior poder aquisitivo da população brasileira transformaram a forma de consumir energia. Uma casa, por exemplo, dimensionada há vinte anos para um chuveiro e uma geladeira, precisa hoje

Read More »
Sem categoria
Estimate Engenharia

Dicas para personalizar Fachadas: o cartão de visita de qualquer residência

Confira neste guia 7 materiais utilizados para revestimento externo, além de suas vantagens, aplicações e inspirações. As fachadas merecem o mesmo cuidado e planejamento do projeto de interiores para garantir sintonia e uma boa transição entre o ambiente externo e o interno. Fale conosco PEDRA A utilização de pedras como revestimento de fachadas é uma

Read More »
Sem categoria
Estimate Engenharia

A importância da proteção passiva contra incêndio em forros

A importância da proteção passiva contra incêndio em forros Na proteção passiva contra incêndio, os forros são considerados mais um revestimento, juntamente com estruturas de suporte, fixações e outros materiais de isolamento. Geralmente, comete-se o erro de não considerá-lo como um elemento estrutural, mas como uma superfície que oculta a parte inferior da estrutura da

Read More »
Sem categoria
Estimate Engenharia

Prestação de Serviços de Mão-de-obra em Condomínios

Serviços em Condomínios PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DEMÃO-DE-OBRA PARA CONDOMÍNIOS, LOTEAMENTOS, CHÁCARAS E SÍTIOS Instalações e manutenções A ESTIMATE garante o serviço de instalações e manutenções para condomínios com qualidade, eficiência e profissionalismo, aliado ao custo-benefício. Prestação de Serviços de obra que exigem a emissão da ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) reparos e Reformas Somos especializados

Read More »
Sem categoria
Estimate Engenharia

Outono: A Melhor Época Do Ano Para Podar Cercas Vivas

Qual mês para poda de árvores? Quando pensamos no outono, a primeira imagem que vem a nossa cabeça é a de folhas secas e amareladas caindo dos galhos das árvores. Mas esse é também o período, segundo especialistas, mais favorável para podar e adubar as plantas. Pode podar no inverno? A poda de Inverno é

Read More »
Rolar para cima